Victoria Cole: “experiência tem que ser simples, compreensível e memorável”

by Luiz Gustavo Pacete

Não foi só no Brasil que o e-commerce viveu uma explosão em 2020. Na Argentina, País que movimentou $ 403,2 milhões de pesos em comércio eletrônico em 2019, as perspectivas são de curva ascendente nos dados que ainda serão fechados referente ao ano passado. De acordo com a Câmara Argentina de Comércio Eletrônico (CACE), o e-commerce do país vem apresentando um crescimento anual de 106%.

Por lá, o ano de 2020 virá acompanhado de recordes, já que, de março, período aproximado do início do isolamento fruto da pandemia de Covid-19, a agosto, as vendas digitais apresentaram alta de 84%. Neste contexto, Victoria Cole, CEO da Wunderman Thompson Argentina, reforça que, tudo que estiver relacionado a esse universo em 2021 deverá ser foco da indústria publicitária, porém, a preocupação das marcas deve estar em oferecer experiências “simples, compreensíveis e memoráveis”.

Ao Marketing Future Today, Victoria fala sobre tecnologias e tendências para 2021, além de apontar as habilidades necessárias para as agências e líderes nos próximos meses.

MFT – Quais tecnologias e tendências estão em seu foco neste 2021?
Victoria Cole –
Definitivamente, tudo relacionado ao comércio eletrônico está no centro da indústria global no momento, mas nosso foco nos últimos anos, e agora mais do que nunca, tem a ver com o redesenho da experiência do usuário em todos os pontos de contato das marcas, buscando torná-los cada vez mais simples, compreensíveis e memoráveis. Esta abordagem inclui não só a construção de marcas em canais tradicionais – como um ponto de venda ou um call center – e nos mais modernos – como os pontos de contato de uma estratégia de comércio eletrônico -, mas também muito mais ferramentas de interação como assistentes de voz em suas diferentes aplicações – um smartphone, uma casa conectada ou um carro autônomo -, ou os robôs e sistemas de inteligência artificial que os movem.

MFT – Qual a importância da tecnologia para as agências neste ritmo de mudanças e disrupções?
Victoria – As tecnologias, antigas e novas, são as ferramentas que nos permitem alcançar essa simplicidade e memorização ao longo da experiência do usuário, que é o que realmente constrói as marcas hoje. Nesse sentido, são de fundamental importância e por isso, cada vez mais, será importante investir em equipes de tecnologia compostas por perfis multidisciplinares que trabalhem em conjunto com as diferentes áreas da agência.

MFT – Quais são as competências essenciais para os profissionais de marketing, inovação e negócios neste ano de 2021?
Victoria –
Flexibilidade, escuta, colaboração, curiosidade e vontade de aprender e reconhecer erros para continuar aprendendo.

MFT – Quais são as questões prioritárias para você como líder em 2021?
Victoria –
Pessoas no centro, cuidando e a valorização de talento dos nossos colaboradores. Esses itens são o motor do nosso negócio. Colaboradores diversificados e felizes, trabalhar em equipe, de forma colaborativa e com alegria nos tornam pessoas e profissionais melhores e os resultados são bons por si só.

MFT – Qual frase definiria o papel de um líder neste ano que se inícia?
Victória – Um líder vulnerável.

0 Comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

DEIXE UM COMENTÁRIO